Textos

Qual a tua Onda?
Infinitos campos de Energia, Frequências nos "atravessam" simultaneamente.
Sintonizamos e navegamos por um e outro através da qualidade de nossos pensamentos e crenças. E a Realidade que habitamos e manifestamos em nossas vidas, é a que predomina em nosso Universo Interior.
Fazendo um teste rápido,  descobrimos nosso endereço:
Culpa, vergonha?
Irritação, raiva?
Rancor, ódio?
Ideologias e discursos polarizados que incitam à dicotomia? "Eles x Nós" ?
Julgamentos, críticas, preconceitos?
Complexos, vitimização?
Tristeza, melancolia?
Preocupações, ansiedades e medos?
Crenças de falta e escassez:
"Tudo é difícil, essa vida é muito dura ! "
"Ah esses políticos, esse país é uma porcaria !"
"Ah como as pessoas são perversas!"
Reclamar de tudo, de todos o tempo todo?
Insegurança, baixa autoestima?
Aceitação, entrega?
Inclusão e acolhimento?
Confiança e fé?
Harmonia, alegria?
Gratidão, contentamento?
Compaixão, Amor?

Emitimos e recebemos de volta mais daquilo que vibramos.
Somos como uma emissora, que canal seríamos? O que nossas mentes reproduziriam?
Novelas coreanas?
Master chef?
Noticiários e filmes sanguinolentos?
Lutas de MMA?
Um documentário sobre a II Guerra?
O muro das lamentações?
Concertos de música? Que tipo de música?
Aliás, bom também checar o que andamos vendo e ouvindo...

Sim, o mundo anda virado, mas pensar nisso a todo instante não vai desviará-lo. Pelo contrário. Sim, viver não tá fácil, mas lamentos não vão trazer mudanças. Viver com medo e resistindo a tudo só trará ainda mais resistência e desafios.
A questão é: o quanto fazemos e mudamos em nós para mudar o Todo?
Que endereço, qual dimensão escolhemos habitar? Qual a nossa Onda, nossa assinatura energética?
Ayumi Yosano
Enviado por Ayumi Yosano em 17/09/2019
Alterado em 17/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr