Textos

LENÇÓIS
Respira, Amor
Em minhas narinas,
Revolve-me as crinas
Doma minha espinha cima a baixo
Ouvido pescoço colo
Baixo ventre monte,
Ah deleite...
Tuas mãos faceiras
Me moldam me pintam inteira
Superfícies reentrâncias
Me tocam as cordas,
Entorpecida, vibro em notas etéreas
Clamor urgente
Por ti, Raio imerge em mim, Lótus
As ancas não tem outro querer
Se não às tuas sincronizar
Parar o Tempo
E apenas dançar...
Ao som dos sussurros
Suspiros súplicas
E do roçar dos lençóis...
Ayumi Yosano
Enviado por Ayumi Yosano em 02/09/2019
Alterado em 02/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr